09 de julho: Dia nacional de alerta da Insuficiência Cardíaca

No dia nacional de alerta da Insuficiência Cardíaca (09 de julho) preparamos algumas dicas que vão te ajudar a controlar a insuficiência cardíaca (IC) e ter mais qualidade de vida. Quem vive com IC sabe como o convívio com essa condição pode ser desafiador,
afetando os mais diferentes aspectos da vida. Entretanto, em grande parte dos casos, é possível conviver bem com ela mantendo alguns cuidados:

Procure seguir uma dieta rica em frutas, vegetais, legumes, queijos com baixo teor de gordura, carnes magras e com pouco sal. Evite alimentos industrializados e enlatados em excesso (ricos em sal).

A retenção de água e sal leva a um aumento da quantidade de líquido no sangue, fazendo seu coração trabalhar mais e dificultando a respiração. Por isso, quem tem insuficiência cardíaca precisa ingerir uma menor quantidade de líquidos. Em geral, a ingestão de 1 a 1,2 litros ao dia costuma ser adequada, porém, para alguns, pode ser necessário uma restrição um pouco mais rigorosa. Priorize a água e evite ingerir líquidos sem valor nutricional ou prejudiciais à saúde como refrigerantes, sucos artificiais e bebidas alcoólicas.

A atividade física monitorada por um profissional qualificado – educador físico, fisioterapeuta etc – pode contribuir muito para melhorar a qualidade de vida e até mesmo atenuar os sintomas. Entretanto, ela só deve ser iniciada após avaliação médica cautelosa.
Cada estágio da Insuficiência Cardíaca pode fazer um grau diferente de esforço físico. É importante ressaltar que a atividade física extenuante ou inadequada para o grau de condicionamento do paciente pode agravar o quadro de doenças cardiovasculares em geral.

Essa é uma dica muito importante para quem tem Insuficiência Cardíaca: tente se pesar na mesma balança diariamente, sem roupa. Uma diferença grande de um dia para outro (por exemplo 1,5Kg) pode ser um sinal de retenção de líquido ou um indicativo de piora da sua condição. Se isso acontecer, entre em contato com seu médico!

Lembre-se de tomar os medicamentos como foram prescritos, e na hora certa. Muito importante: siga sempre as orientações do seu médico com respeito ao tratamento. Em caso de dúvida, consulte-o.

Pessoas com Insuficiência Cardíaca devem tomar a vacina contra gripe (influenza) anualmente e contra a pneumonia (pneumococos) a cada 3 anos.

Manter o acompanhamento com o seu médico é essencial para um tratamento mais efetivo.

Fumar prejudica, entre outras coisas, a saúde do seu coração.

O álcool em excesso e para quem já tem problemas no coração pode ser muito prejudicial.

Pressão alta, diabetes, colesterol elevado, uso de certos medicamentos (como antiinflamatóriosnão esteroidais), estresse, entre outros fatores podem piorar a Insuficiência Cardíaca.

 

Como cada caso tem a sua especificidade, é importante conversar com seu médico para alinhar as orientações acima. Você também deve entrar em contato imediatamente com sua equipe médica caso os sintomas se agravem. O mais importante é estar atento a cada uma dessas anifestações e ter um diálogo aberto com seu cardiologista que acompanha a insuficiência cardíaca para que, juntos, vocês possam buscar caminhos e alternativas para superar cada desafio!

 

 

 

 

Referências:
https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1016/j.ejheart.2005.01.012 
www.hcor.com.br/especialidades-servicos/especialidades/cardiologia/insuficiencia-cardiaca/ 
www.nhs.uk/conditions/heart-failure/symptoms/
www.webmd.com/heart-disease/guide/living-with-heart-disease
www.uptodate.com/contents/heart-failure-the-basics#H737866124
http://departamentos.cardiol.br/sbc-deic/publico/prevenindo/controle.asp
https://www.heartfailurematters.org/en_GB/What-can-you-do/Adjustingyour-diet-Fluids 
http://departamentos.cardiol.br/sbc-deic/publico/prevenindo/restricao.asp 
Imagem: Freepik 
Icons by The Noun Project
Material destinado a pacientes – Jun/2020 - BR 8751

 

Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.