101 anos depois: conheça a história da vacina BCG contra tuberculose

Sabe aquela vacina que você tomou quando criança e deixou uma “marquinha” no seu braço? É justamente dela que vamos falar hoje: a vacina BCG. Desenvolvida em 1921 (101 anos atrás), a vacina BCG é utilizada para prevenir doenças como: tuberculose, meningite tuberculosa e tuberculose miliar. 

Sua história começa com os cientistas Léon Calmette e Alphonse Guérin que, após mais de uma década de estudos, perceberam que, ao enfraquecer a bactéria causadora da versão bovina da tuberculose (batizada de “Bacilo de Calmette e Guérin” - BCG), obtiveram uma resposta imune protetora em humanos, sem gerar a patologia.

Em 1921, Calmette e Guérin anunciaram ao mundo a descoberta da BCG, uma vacina contra a tuberculose. Essa notícia, certamente, foi recebida, na época, com muita alegria pela sociedade, afinal a tuberculose é uma doença que, desde os primórdios, assolava populações mundo afora.

No final do século 19 e início dos anos 1900, a tuberculose matava mais do que qualquer outra doença. Não existia política pública para o controle da tuberculose, cujos sintomas são: tosse (com expectoração de sangue em alguns casos), dores no peito, falta de ar, fraqueza, perda de peso, febre e suores.

No Brasil, a situação era preocupante: havia um alto índice de óbitos causados pela tuberculose, que se agravava, principalmente, por questões sanitárias e sociais. Na tentativa de conter a doença, em 1900, médicos e intelectuais criaram a Liga Brasileira contra a Tuberculose.

Pelo que se sabe, o imunizante BCG chegou ao Brasil no ano de 1925 através do pesquisador Arlindo de Assis. A partir de 1976, a BCG foi inserida no calendário vacinal, tornando-se obrigatória para todas as crianças entre 0 e 4 anos. A dose única é oferecida gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde de todo o país.

Depois da vacina BCG, diversos outros imunizantes tornaram-se candidatos a atuar no combate à tuberculose, porém até o momento a BCG, mesmo depois de 101 anos, ainda é a única vacina aprovada para a prevenção da tuberculose. Ao longo desse tempo, a BCG foi fundamental para o controle da doença.

Como a vacina BCG atua no organismo?

A vacina BCG oferece proteção contra as formas graves da tuberculose, doença que atinge não só os pulmões, mas também os ossos, rins e meninges, podendo levar até a morte, caso não seja tratada. A tuberculose é altamente contagiosa, pode ser transmitida de pessoa a pessoa pelo ar, por gotículas contaminadas na tosse, espirro ou fala.

Acredita-se que a vacina BCG reduza a incidência de tuberculose disseminada e meningite tubercular em crianças vacinadas.

Importância da vacinação coletiva por BCG

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nos últimos 20 anos, ao redor do mundo, as mortes causadas por tuberculose reduziram em 30%. Nos países em que a BCG faz parte do calendário vacinal, preveniu-se cerca de 40 mil casos anuais de meningite tuberculosa.

A importância que a BCG teve e tem no controle da tuberculose é inegável. Portanto, a vacinação com BCG é de extrema importância e necessidade, tanto que é obrigatória em nosso país. Segundo o Ministério da Saúde, “a vacinação em massa permite a prevenção de formas graves da doença, como a meningite tuberculosa e a tuberculose miliar (forma disseminada).

 

Fontes
  1. Sociedade Brasileira de Imunizações: https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis/vacina-bcg
  2. Instituto Butantan: https://butantan.gov.br/noticias/os-100-anos-da-vacina-bcg-e-as-pesquisas-do-butantan-sobre-novas-aplicacoes-do-imunizante
  3. Biblioteca Virtual em Saúde - Ministério da Saúde: https://bvsms.saude.gov.br/01-7-dia-da-vacina-bcg-2/
  4. Organização Panamericana da Saúde - Cartilha de Vacinas: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cart_vac.pdf
  5. Secretaria de Estado da Saúde - Estado de São Paulo: http://www.saude.sp.gov.br/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica-prof.-alexandre-vranjac/areas-de-vigilancia/tuberculose/informacoes-sobre-tuberculose/historia-curiosidades
  6. Rede Brasileira de Pesquisas em Tuberculose: https://redetb.org.br/historia-da-tuberculose/
  7. Agência Brasil: https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2021-07/bcg-100-anos-como-vacina-mudou-historia-no-combate-tuberculose
  8. Biblioteca Virtual em Saúde - Ministério da Saúde: https://bvsms.saude.gov.br/01-7-dia-da-vacina-bcg-3/

 

BR- 16501. Material destinado a todos os públicos. Jun/2022
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.