17 de setembro: Dia Mundial da Segurança do Paciente!

Reconhecendo a segurança do paciente como uma prioridade de saúde global, em maio de 2019, a Organização Mundial da Saúde estabeleceu a data de 17 de setembro como o Dia Mundial da Segurança do Paciente (Resolução WHA72.6).

Em 2020, a pandemia COVID-19 revelou enormes desafios e riscos que os profissionais de saúde estão enfrentando globalmente, incluindo infecções associadas aos cuidados de saúde, violência, estigma, distúrbios psicológicos e emocionais, doenças e até mesmo a morte.

Neste ano o tema a ser abordado no Dia Mundial da Segurança do Paciente pela OMS é a Segurança do Profissional de Saúde.

Os profissionais de saúde estão enfrentando ambientes desafiadores e muitas vezes estressantes. Por isso, a OMS nos convida a participar da campanha “Speak up for health worker safety” ou “Contribua para a segurança do profissional de saúde!”

Sabe como você pode contribuir para a segurança dos trabalhadores de saúde e a sua? Se comprometendo!

É importante conhecer seus direitos e deveres, estar comprometido ativamente no seu próprio cuidado é essencial para contribuir e trabalhar junto com o profissional de saúde pela sua segurança, na prevenção de falhas nos serviços de saúde.

Veja algumas dicas práticas:

- Escolha um profissional de saúde devidamente especializado e com quem você possa estabelecer uma relação de confiança;

- Tenha certeza de que as informações que você está oferecendo sobre o seu histórico de saúde estão corretas e precisas;

- Uma vez aceito o tratamento, siga as instruções dos profissionais, consulte a bula do seu medicamento e participe das decisões do seu tratamento;

- Faça perguntas ao profissional de saúde, tire suas dúvidas sobre quaisquer cuidados a serem recebidos. Caso não entenda, pergunte novamente.  Uma boa comunicação é essencial para a segurança;

- Pergunte, também, sobre os possíveis efeitos colaterais de medicamentos, exames e tratamentos a que será submetido;

- Tenha certeza de que você consegue ler a prescrição (receita) indicada. Caso contrário, peça uma cópia digital4, para que você tenha menos problemas para entender o que está escrito.

- Verifique a sua identificação em documentos, pulseiras, medicações etc. Procure por erros de ortografia, de números e letras. Até mesmo os sistemas informatizados podem produzir erros. É preciso que existam, pelo menos, dois identificadores (ex. nome e data de nascimento) na pulseira ou outra identificação fornecida pelo serviço de saúde.

Com essas pequenas ações, você se torna um parceiro importante da equipe de profissionais de saúde responsável pelos seus cuidados, fica ainda mais ativo e no controle do seu tratamento. Siga essas dicas e trabalhe junto pela sua segurança!

 

 

 

Referências:
Sites com informações gerais:
WHO
https://www.who.int/campaigns/world-patient-safety-day/2020/campaign-essentials
Ministério alemão
https://www.bundesgesundheitsministerium.de/en/international/patient-safety-summit-2019.html
Site sobre a campanha de 2019 ( de quando surgiu):
https://www.who.int/campaigns/world-patient-safety-day/2019
Site sobre a campanha de 2020
https://www.who.int/campaigns/world-patient-safety-day/2020
Site específico da campanha:
https://www.patient-safety-day.org/index.html
Como é visto no Brasil
https://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/noticias/167-17-de-setembro-de-2019-dia-mundial-da-seguranca-do-paciente
http://www.blog.saude.gov.br/index.php/servicos/53977-dia-mundial-da-seguranca-do-paciente#:~:text=Por%20isso%2C%20a%20Organiza%C3%A7%C3%A3o%20Mundial,uma%20prioridade%20global%20de%20sa%C3%BAde%E2%80%9D.
Icons by The Noun Project 

BR-9897. Material destinado a pacientes. Ago/2020

Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.