Cerveja, arroz e pão: os vilões do diabetes?

 

 Quem nunca passou pela padaria e ficou com água na boca ao sentir aquele cheirinho de pão? Ou então sentiu a boca secar de sede quando viu aquela cerveja geladinha em um dia de calorão?

 A comida é um fator muito importante para o diabetes e se você convive ele, sabe que essas são situações muito difíceis e fazem você se perguntar:

 “será que só um pãozinho vai fazer mal?”

 “hoje é final de semana, uma cervejinha não mata ninguém”

 Para esclarecer suas dúvidas, nada melhor do que entender o porquê esse tipo de alimentos e bebidas podem ser perigosos para a sua saúde e saber o quanto e quando é seguro consumi-los. Vamos falar sobre comida e diabetes!

 Para começar é importante perceber o que todos esses alimentos têm em comum: o carboidrato. 

 O que são os carboidratos? 

Os carboidratos vêm em muitas formas diferentes, mas as três principais são amido, fibra e açúcar. Eles fornecem a maior parte da energia necessária para manutenção das atividades das pessoas e, principalmente, prover o cérebro de energia suficiente para seu funcionamento.

 O efeito dos carboidratos na glicemia

Apesar de ser uma substância necessária, o carboidrato é o nutriente que tem maior efeito sobre a glicemia. Isso acontece porque, logo após ser ingerido, o carboidrato se transforma em glicose – exceto no caso das fibras, que não são digeridas.

 Por isso o cuidado com os carboidratos na alimentação para diabetes é tão importante.

O índice glicêmico

Isso significa que o carboidrato precisa ser cortado da dieta? Em uma rotina alimentar com baixo índice glicêmico, o carboidrato não é visto como vilão. Afinal, ele é responsável por fornecer a energia necessária para realizar as atividades do dia a dia.

É possível fazer escolhas mais saudáveis e conscientes consultando o índice glicêmico de cada alimento. O índice glicêmico (IG) é um fator utilizado para comparar os carboidratos em relação à capacidade de aumentar o nível de glicose no sangue (glicemia).

Quando se consome carboidratos de alto índice glicêmico, o sangue recebe elevadas quantidades de açúcar em um curto intervalo de tempo. Isso promove um pico de insulina no organismo e, por consequência, o apetite aumenta.

Quando se consome carboidratos de baixo índice glicêmico, o sangue recebe menos açúcar no mesmo espaço de tempo, afastando esse pico de insulina.

Para te ajudar, o Departamento de Nutrição da Sociedade Brasileira de Diabetes preparou um Manual de Contagem de Carboidratos para pessoas com diabetes.

 Agora que você já entendeu um pouco mais sobre os carboidratos, vamos a o que interessa: e a cerveja, o pão e o arroz?

Pão e diabetes

 O pão branco se enquadra na categoria de carboidratos ricos em amido, ou seja, é um alimento de alto índice glicêmico. Aqui está o que você precisa saber na próxima vez que escolher um pão.

Hoje, existem muitos tipos diferentes de pães disponíveis e, se você tem diabetes, precisa levar em consideração o teor de carboidratos e a quantidade de gordura e calorias do pão que você ingere. 

Uma dica é comer pães integrais ao invés do branco. Para isso, o primeiro ingrediente da lista, precisa ser farinha de trigo ou algum outro grão integral. O melhor cenário é encontrar um pão que seja 100% integral.

Cereais integrais têm carboidratos que são digeridos mais lentamente e, portanto, têm menor chance de causar um pico de glicemia.

Cerveja e diabetes

No geral, a ingestão de bebidas alcóolica para quem tem diabetes é um assunto complicado e muito importante. Você ainda pode beber, mas precisa estar ciente de como isso pode afetar seu corpo e como lidar com isso.

Isso porque a bebida alcóolica interfere nos níveis de açúcar no sangue e pode provocar hipoglicemias tanto em pessoas que usam insulina como naquelas que utilizam hipoglicemiantes orais.

Normalmente, o fígado armazena glicose extra, que é liberada de volta no sangue quando necessário, como quando os níveis de açúcar no sangue caem. Mas o álcool influência na capacidade do fígado de fazer isso com eficiência.

Se você não tiver certeza se o seu medicamento pode causar hipoglicemia ou se eles são afetados pelo álcool, fale com sua equipe médica e tire suas dúvidas.

Além de ter álcool, a cerveja ainda é muito rica em carboidratos o que, incialmente, aumenta a taxa de açúcar no sangue.

Você deve estar pensando: afinal, posso ou não posso beber? A resposta pode variar de pessoa para pessoa, portanto, o ideal é conversar com seu médico e/ou nutricionista e entender quais são os limites estipulados para o seu caso.

Arroz branco e diabetes

A mesma lógica do pão branco funciona para o arroz branco, que passa por um processo em que todas as suas camadas externas – e mais nutritivas – são removidas. Isso significa que estamos perdendo as fibras, vitaminas e minerais benéficos que esse grão integral normalmente forneceria.

 Portanto, o ideal é substituir o arroz branco pelo arroz integral. No começo pode ser que você estranhe um pouco, mas pode acreditar que é uma delícia e tem um índice glicêmico mais baixo do que a versão processada.

 A chave para a alimentação para o diabetes é fazer escolhas inteligentes e ter uma dieta equilibrada. Para te ajudar nessa tarefa, o FazBem criou um app “FazBem”, com conteúdos confiáveis e de qualidade, além de receitas deliciosas e saudáveis preparadas por um chef profissional. Clique aqui para saber mais e fazer o download gratuito!

 Lembre-se de questionar o seu médico e/ou nutricionista sempre que tiver dúvidas e estabeleça, junto com eles, uma dieta que você consiga seguir sem muitos sacrifícios. (Dica: com as receitas do app é muito mais fácil!) Assim, você conseguirá ter mais consistência e manterá o diabetes controlado com mais facilidade e com maior constância.

 

 

 

 

Referências:
https://www.diabetes.org/healthy-living/recipes-nutrition/understanding-carbs/get-to-know-carbs
https://www.spdm.org.br/blogs/nutricao/item/1613-indice-glicemico-dos-alimentos
https://www.hcor.com.br/imprensa/noticias/alimentos-com-baixo-indice-glicemico-podem-auxiliar-no-controle-do-diabetes/
https://www.diabetes.org.br/profissionais/images/2018/manual-de-contagem-de-carbo.pdf
https://www.diabetes.org.uk/guide-to-diabetes/enjoy-food/carbohydrates-and-diabetes/bread-and-diabetes
https://www.diabetes.org.uk/guide-to-diabetes/enjoy-food/what-to-drink-with-diabetes/alcohol-and-diabetes
https://www.diabetes.org.br/publico/colunas/88-dra-andressa-heimbecher-soares/782-diabetes-e-alcool-beber-ou-nao-beber-eis-a-questao
diabetes.co.uk/news/2020/sep/white-rice-consumption-linked-to-high-type-2-diabetes-risk.html
https://care.diabetesjournals.org/content/43/11/2643
https://www.hsph.harvard.edu/nutritionsource/carbohydrates/
https://www.diabetes.org/healthy-living/recipes-nutrition/understanding-carbs/get-to-know-carbs
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.