Colesterol HDL x LDL: quais as diferenças e os cuidados que você deve tomar?

O colesterol foi dado como vilão por muito tempo, mas a verdade é que nosso corpo produz e precisa de colesterol. A pergunta que deve se passar na sua cabeça agora é: mas o colesterol não traz problemas para saúde? Sim, quando em excesso ele pode trazer, mas existe mais de um tipo de colesterol e nem todos causam problemas.

No post de hoje, vamos explicar melhor como funciona cada um deles e como você deve tomar cuidado com sua saúde e com os alimentos que você come.

Tipos de colesterol

Colesterol é um composto químico gorduroso que integra a membrana das células do organismo. A maior parte é sintetizada no fígado e transportada no sangue por proteínas especiais, as "lipoproteínas", encarregadas de distribuir esse colesterol para as células do corpo.  

O corpo humano utiliza o colesterol para produzir vários hormônios, vitamina D e ácidos biliares que ajudam na digestão das gorduras. Cerca de 70% do colesterol é fabricado pelo nosso próprio organismo, no fígado, enquanto os outros 30% vêm dos alimentos.

O colesterol é medido pela quantidade dele que circula no seu sangue. São encontrados três tipos de colesterol do organismo: LDL, HDL e VLDL. Em exames, normalmente são calculados colesterol LDL, colesterol HDL e o colesterol total.

Qualquer alteração no seu exame, procure um médico. 

Leia também: Colesterol alto: quem pode desenvolver? 

HDL (high density lipoprotein ou lipoproteína de alta densidade)

Conhecido também como “bom colesterol”, é ele que remove o colesterol da parede das artérias, fazendo com que ele volte ao fígado. Quanto mais HDL temos no sangue, maior a proteção do colesterol alto, além de preservar melhor as artérias e evitar doenças que podem ser geradas pelo colesterol alto.

Qualquer alteração no seu exame, procure um médico. 

LDL (low density lipoprotein ou lipoproteína de baixa densidade)

 Também conhecido como “mau colesterol”, seu excesso no sangue pode causar entupimento nas artérias e outros problemas para a saúde. O LDL deposita o excesso de colesterol nas paredes das artérias, o que provoca uma placa gordurosa que os estreita. Isso pode dificultar a circulação de sangue e comprometer o coração por falta de sangue e oxigenação, o que é conhecido como isquemia do músculo cardíaco.

Qualquer alteração no seu exame, procure um médico.

VLDL (very low density lipoprotein ou lipoproteína de densidade muito baixa)

Também é conhecido como um tipo de mau colesterol, isso porque os seus valores, quando elevados no sangue, também levam ao acúmulo de gordura na artéria gerando placas de aterosclerose (que é uma inflamação, com a formação de placas de gordura e outros elementos na parede das artérias do coração).

Ele é produzido no fígado e sua função é transportar triglicerídeos e colesterol pela corrente sanguínea para que sejam armazenados e utilizados como fonte de energia. Valores elevados de colesterol e triglicerídeos acabam aumentando os níveis de VLDL. 

Leia também: Saiba mais sobre a doença arterial coronariana
 
O que são triglicerídeos?

São as principais gorduras que se originam da alimentação, mas que podem ser sintetizados pelo organismo. Os níveis de triglicerídeos acima de 200 podem causar doenças coronarianas, ou seja, dano nos principais vasos do coração. Apesar de alto, os triglicerídeos costumam ser acompanhados de um baixo HDL, tornando difícil entender quem é o verdadeiro “vilão”.

A ingestão de gordura, doces e álcool pode aumentar os níveis de triglicerídeos, razão pela qual deve-se medir sua concentração no sangue após 12 horas de jejum. Quando muito altos - acima de 400-500 - podem causar inflamação do pâncreas e devem ser tratados de forma mais agressiva, com medicamentos e uma dieta recomendada pelo médico e nutricionista.

Os maiores vilões que podem elevar o colesterol

Para ajudar a evitar ou a manter as taxas do colesterol, é muito importante mudar alguns hábitos alimentares nesse processo.

Pensando nisso, preparamos uma lista cheia de alimentos que é melhor evitar para ou prevenir o colesterol. Mas lembre-se sempre de procurar um nutricionista, só ele pode te indicar o que é melhor para a sua dieta.

 Leia também: Como comer bem sem gastar muito

 Margarina (fonte de gordura trans): produtos industrializados a base de margarina como nuggets, biscoitos recheados, sorvete cremosos, croissant. São alimentos ricos em gordura trans e que devem ser evitados.

Frituras: batata frita, pastel, salgadinhos. Mesmo se frito em óleos mais saudáveis ou azeite, quando um alimento é utilizado em elevadas temperaturas ele passa por reações químicas oferecendo perigo à saúde, se tornando um óleo saturado. Alimentos fritos são ricos em ácidos graxos saturados e sódio.

Carnes gordas e embutidos são ricos em gorduras saturadas. Ao se preparar carnes, recomenda-se remover a gordura aparente e a pele.

Queijos “amarelos”: qualquer queijo cujo principal ingrediente seja o leite integral será fonte de gorduras saturadas.

Leite integral, manteiga e creme de leite: esses alimentos estão inseridos em muitas preparações e são grandes fontes de gordura saturada e de calorias.

Ficar atento aos alimentos que você consome pode ajudar a manter uma vida mais saudável e longe do colesterol, assim como manter consultas frequentes ao médico com exames de rotina.

O FazBem está com você em todo o processo de tratamento, apoiando e trazendo informações relevantes para que você possa manter o tratamento e deixar sua saúde cada vez melhor.

#NaoVacilaComOColesterol Conheça a nossa campanha: https://materiais.programafazbem.com.br/campanha-colesterol-az 

 

 

 
 
Referencias
https://www.spdm.org.br/blogs/nutricao/item/2103-colesterol
http://sociedades.cardiol.br/socerj/publico/dica-colesterol.asp
https://www.diabetes.org.br/publico/ultimas/1561-dez-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-o-colesterol
https://www.asbran.org.br/noticias/os-cinco-maiores-viloes-da-alimentacao-que-elevam-o-colesterol
BR-13423. Material destinado a pacientes. Jul/2021
 
 
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.