Como o sono pode interferir no colesterol?

homem-olhando-relogio-insonia-colesterol

homem-olhando-relogio-insonia-colesterol

Se você tem colesterol e está aderindo ao tratamento da melhor maneira para que ele fique sempre controlado e não resulte em outros problemas, temos duas perguntas para fazer a você: como está o seu sono? Você acha que o sono é importante para o seu tratamento?

Se a sua resposta for não, temos que contar que o sono tem, sim, uma relação com o seu colesterol e você precisa ficar atento a isso também.

Vem entender melhor como o sono pode interferir no seu tratamento de colesterol e como você pode dormir melhor.  

Por que o sono e o colesterol estão relacionados?

Lidar com o colesterol alto passa sempre a ideia de manter hábitos mais saudáveis, como uma boa alimentação e a prática de exercícios físicos frequentes. Esses fatores são muito importantes, mas você já parou para pensar em como o seu sono influencia nesse momento? [1]

Um estudo publicado pela SleepTrusted Source, mostra que dormir muito ou pouco podem gerar impactos negativos nos níveis de lipídios. Com os grupos estudados foi notório que dormir menos de cinco horas e mais de oito horas por noite aumentou os riscos de triglicerídeos elevados e um baixo nível de HDL nas mulheres (os homens não eram tão sensíveis a dormir demais quanto as mulheres). [1]

Em outros estudos, foi possível perceber que a privação do sono pode afetar negativamente o sistema imunológico, o metabolismo, o processo inflamatório e a regulação do hormônio que controla o apetite, podendo levar, também, a problemas com o metabolismo do colesterol. [2]

 Leia também: Colesterol alto: quem pode desenvolver? 

Poucas horas de sono (menos de 6 horas por noite) também elevam os níveis de colesterol LDL de acordo com um estudo publicado pelo Journal of Cardiovascular NursingTrusted Source e aumenta riscos de desenvolver doenças cardiovasculares. [1]

É importante lembrar que, ainda assim, o estilo de vida contribui para níveis elevados de colesterol. Se você tem hábitos inadequados de sono associados a outras atividades que podem gerar aumento nos índices de colesterol, como tabagismo, alimentação ruim e falta de exercícios, comece a pensar em mudar esses hábitos.

Qual a importância do sono?

Dormir bem é importante poque é com o sono que o seu corpo se restaura e se recarrega. Ele libera hormônios que ajudam a reparar os tecidos e células após o estresse do dia a dia.  Sua pressão arterial cai, sua frequência cardíaca diminui e sua respiração relaxa. Seu coração se recupera do trabalho prestado durante todo o dia. [3]

A maioria dos adultos deve ter como objetivo de 7 a 8 horas de sono restaurador todas as noites, isso porque se você não conseguir descansar o suficiente, o seu corpo não se restaura completamente e você pode desenvolver problemas de saúde como o colesterol alto. [3]

Pessoas com sono interrompido por causa da apnéia do sono, por exemplo, geralmente, têm colesterol total alto, colesterol LDL e triglicerídeos no sangue e níveis baixos de colesterol HDL, além de excesso de peso. [3]

Se você tem problemas para dormir, deve contar ao seu médico, para que ele possa ajudar você a encontrar boas soluções para melhorar o seu sono.

De qualquer forma, tente essas dicas: [1, 3]

  • Tente ir para a cama um pouco mais cedo e definir horários para dormir;
  • Use técnicas de relaxamento como ioga e meditação;
  • Se o seu médico prescrever medicamentos, use-os corretamente;
  • Planeje dormir, pelo menos 7, mas não mais do que 8 horas por noite;
  • Mantenha seu quarto fresco, escuro e silencioso;
  • Leia um livro antes de dormir;
  • Tome um banho relaxante antes de dormir;
  • Não deixe o smartphone ao lado da cama para evitar pegá-lo;
  • Não vá para a cama com fome ou logo depois de comer uma refeição pesada;
  • Reduza o consumo de álcool, cafeína e nicotina;
  • Alivie o estresse e a tensão muscular com alongamentos suaves.

 Leia também: O que fazer para evitar uma doença cardíaca

 Apenas uma semana de sono ruim pode levar a mudanças na imunidade e no metabolismo do corpo. Isso mostra o quão pequena a deficiência de sono precisaria ser para causar essas mudanças no corpo. [2]

Aliás, se você não dorme bem durante a semana, mas acha que está tudo bem porque pode recuperar o tempo perdido nos finais de semana, você está enganado. Você não consegue recuperar o tempo perdido dentro do seu organismo, já que seu corpo não trabalha mais nos fins de semana, ele trabalha igual todos os dias e, como já dito antes, dormir mais do que oito horas também pode ser prejudicial a sua saúde. [3]

Aqui no Programa FazBem temos como objetivo dar apoio e informações importantes para você continuar com o seu tratamento e melhorar cada vez mais a adesão a ele.

Por isso, a campanha Não Vacila Com O Colesterol é sua grande chance de conhecer ainda mais sobre o colesterol e a melhor forma de continuar controlando-o.

Conheça a campanha aqui! https://materiais.programafazbem.com.br/campanha-colesterol-az 

 

 

 

Referências:
BR-13600. Material destinado a pacientes. Ago/2021
 
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.