Conheça os tipos de câncer mais comuns entre os homens

homem-sorrindo-feliz-cancer

homem-sorrindo-feliz-cancer

Receber o diagnóstico de câncer acaba sempre sendo um choque. Dá medo e muda a vida de qualquer pessoa, seja paciente, família ou cuidador.

É muito comum encontrar pessoas com medo de falar sobre esse assunto, mas é importante conhecê-lo e tentar manter a calma.

Nosso organismo é formado por uma enorme quantidade de células, cada uma com suas funções e trabalhando de forma diferentes. É por elas que o câncer começa.

Hoje, vamos falar um pouco sobre os tipos câncer mais comuns nos homens e como prevenir, cuidar e ficar alerta aos sintomas.

O que é o câncer?

O câncer se inicia em uma formação descontrolada de células. Em um corpo saudável, elas crescem, se dividem, morrem e são substituídas de maneira controlada, em um processo natural chamado divisão celular.

Quando essas mesmas células sofrem algum tipo de alteração no DNA, elas começam a se reproduzir de forma descontrolada e é esse crescimento descontrolado que resulta em diversas células juntas em um só lugar, conhecido popularmente como tumor.

Vamos com calma, ok? Quando ouvimos falar de tumor o desespero é imediato, mas é importante lembrar que nem todo tumor é um câncer e, por isso, é essencial fazer todos os exames antes.

O chamado tumor benigno se forma a partir de células muito semelhantes às normais, que não se multiplicam tão rapidamente e não são capazes de migrar para outros tecidos.

Normalmente, em uma cirurgia, o tumor é removido sem outros problemas e, daqui em diante, é muito importante continuar com consultas médicas frequentes e exames de rotina para ter certeza de que nenhum outro tumor está se desenvolvendo.

Tipos de câncer mais comuns nos homens

O câncer é uma doença com muitos casos anuais, mas, quando tratado precocemente, os percentuais de cura são bons.

Os tipos mais comuns de câncer em homens são o de próstata, com 65,840 casos em 2020 segundo a Fundação do Câncer, cólon e reto, pulmão e estômago.

Vamos entender um pouco mais sobre eles? 

Leia também: Mitos e verdades sobre o câncer de próstata

 Câncer de Próstata

A próstata é uma glândula que só o homem possui. Ela é um órgão pequeno, tem a forma de maçã e se situa logo abaixo da bexiga, à frente do reto, e envolve a porção inicial da uretra.

Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos, segundo o INCA.

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa e é comum muitos pacientes não apresentarem nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata como dificuldade de urinar ou necessidade de urinar mais vezes.

Na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou infecção generalizada e insuficiência renal.

Câncer de cólon e reto

O cólon e o reto fazem parte do aparelho digestivo. A maior parte do intestino grosso é composta pelo cólon.

O câncer de cólon e reto é também conhecido como câncer do intestino grosso ou câncer colorretal.

Se o câncer se formar a partir de um pólipo (projeção de um crescimento de tecido a partir da parede de um espaço vazio), pode se desenvolver na parede do cólon ou do reto ao longo do tempo. O câncer colorretal começa na camada mais interna e pode crescer através de uma ou todas as camadas.

Quando as células cancerígenas estão na parede do cólon ou do reto, podem crescer nos vasos sanguíneos ou vasos linfáticos.

Na maioria das vezes, ele se desenvolve gradativamente por uma alteração nas células que começam a crescer de forma desordenada sem apresentar qualquer sintoma. Por esse motivo, a detecção precoce é fundamental.

Os sintomas mais frequentemente associados a esse tipo de câncer são:

  • Sangue nas fezes;
  • Alteração do hábito intestinal (diarreia e prisão de ventre alternados);
  • Dor ou desconforto abdominal;
  • Fraqueza e anemia;
  • Perda de peso sem causa aparente;
  • Alteração na forma das fezes (fezes muito finas e compridas)
  • Massa abdominal

Na maior parte das vezes, esses sintomas não são causados por câncer. Eles estão, também, associados a hemorroidas, verminose e úlceras, mas é importante que eles sejam investigados por um médico, principalmente se não melhorarem em alguns dias.

Câncer de pulmão

O câncer de pulmão é um dos tumores de maior incidência, sendo a principal causa de mortalidade por câncer no mundo.

A sua principal causa é o tabagismo e a exposição passiva ao tabaco. Cerca de 85% dos casos diagnosticados de câncer de pulmão são associados ao consumo de tabaco.

Os sintomas, geralmente, só começam a aparecer no estágio avançado, mas em estágios iniciais também podem ocorrer:

  • Tosse persistente;
  • Escarro com sangue;
  • Dor no peito;
  • Rouquidão;
  • Piora da falta de ar;
  • Perda de peso e de apetite;
  • Pneumonia recorrente ou bronquite;
  • Cansaço ou fraqueza. 

Leia também: O que você pode fazer para prevenir o câncer de pulmão

 Câncer de estômago

Os tumores malignos do estômago também são chamados de câncer gástrico e se apresentam em três tipos: adenocarcinoma, o mais comum, linfomas e leiomiossarcomas, o mais raro.

Aqui não há sintomas específicos, principalmente nas fases iniciais, mas é importante que você fique atento caso ocorra:

  • Perda de peso e de apetite;
  • Sensação de estômago cheio;
  • Vômito;
  • Náusea;
  • Desconforto abdominal;
  • Sangue nas fezes.

Esses sinais são comuns também em casos de úlcera e gastrite e podem não ser indicação de existência de tumores.

Fatores de risco e prevenção

Os fatores de riscos são, em grande parte, o que acaba ocasionando o câncer, por isso é importante que você fique atento e os previna.

Fique atento à sua alimentação. Os alimentos são associados ao processo de desenvolvimento de câncer no cólon, reto, próstata, esôfago e estômago.

Certos alimentos contêm agentes cancerígenos na composição e devem ser evitados. É o caso das carnes processadas, defumadas, curadas ou salgadas e os embutidos.

O consumo de álcool, tabagismo e o sedentarismo também são três fatores influenciáveis, por isso, é importante ficar distante do tabaco, evitar o álcool e fazer atividades físicas regularmente.

Além disso, o câncer também pode ocorrer por genética.

Diagnóstico e tratamento

O câncer pode ser diagnosticado a partir de exames de imagem, que ajudam o médico a fazer o diagnóstico preciso da doença, mostram se o câncer se disseminou e ajudam durante o processo de tratamento para ver como o tratamento está evoluindo.     

O câncer é confirmado pela biópsia, quando é retirado um pedaço do tumor do local suspeito para encontrar células cancerígenas.

O tratamento do câncer pode ser feito por meio de cirurgia, quimioterapia, radioterapia ou transplante de medula óssea. Em muitos casos, é necessário combinar mais de uma modalidade.

É muito importante sempre falar com o seu médico e seguir completamente o seu tratamento para se manter bem e com a doença controlada.

Leia também: Lidando com as emoções e ansiedade durante o tratamento de câncer

Com a pandemia, muitas pessoas começaram a deixar os exames para depois, as consultas de rotina foram adiadas e os cuidados com a saúde diminuíram muito. Foi pensando nesse cenário que o Programa FazBem está focando ainda mais em ajudar você a melhorar o seu tratamento e retornar as suas consultas.

É importante lembrar que o normal mudou, o câncer não. O cuidado precisa continuar.

Conte com a gente nessa jornada.

 Conheça essa campanha! https://www.programafazbem.com.br/onormalmudouocancernao

 

 

 
 
Referências:
http://www.oncoguia.org.br/conteudo/estimativas-no-brasil/1705/1/
https://www.abrale.org.br/doencas/o-que-e-cancer/?q=doencas/o-que-e-cancer&gclid=cjwkcajw3mshbhb3eiwaxcaeuzawgcch1es3nlfwz5sffohcvofjwkoonacgtr7rpmnhkwdxfpvu4xocqw0qavd_bwe
https://www.cancer.org.br/sobre-o-cancer/fatores-de-risco-e-prevencao/
http://www.oncoguia.org.br/conteudo/o-colon-e-o-reto/517/185/
https://www.fundacaoproar.org.br/doenca?post=cancer-de-pulmao
 BR-13962. Material destinado a pacientes. Jul/2021
 
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.