Dormir bem pode melhorar sintomas do refluxo?

 O sono é um fator muito importante para a saúde e bem-estar em geral. Entretanto, você já imaginou como dormir bem pode influenciar na doença do refluxo gastroesofágico (DRGE)? Para entender um pouco melhor essa relação, trouxemos dados da Fundação Internacional Para Distúrbios Gastrointestinais e do Grupo de Pesquisa Clínica Neuroentérica.

Aparentemente, essa é uma via de mão dupla. Assim como a DRGE afeta negativamente o sono despertando as pessoas durante a noite, a privação de sono também pode afetar a DRGE, aumentando a percepção do ácido no esôfago e, potencialmente, o tempo de exposição ao ácido esofágico. Inclusive, a má qualidade do sono e uma variedade de distúrbios do sono foram adicionados à lista de sintomas extraesofágicos da DRGE como rouquidão, pigarro e tosse crônica.

Quem nunca ficou rolando na cama de um lado para o outro até conseguir, finalmente, cair no sono? Estudos demonstraram que o tempo passado na cama antes de adormecer é um período vulnerável para a ocorrência de refluxo. Ou seja, quanto mais tempo acordado na cama, maior será a exposição ao ácido esofágico e maiores as chances de ter sintomas mais agressivos.

Assim, deitar-se mais próximo a hora de dormir pode ser uma estratégia interessante para ter uma noite de sono mais tranquila, com menores chances de sintomas de refluxo. Vale a pena conversar com o seu médico sobre isso e entender as melhores estratégias para o seu caso!

E os famosos cochilos pós-almoço?

Os cochilos estão associados a um sono mais superficial e isso quer dizer que é muito mais vulnerável à ocorrência de refluxo. Assim, a combinação de tirar uma soneca após uma refeição pode agravar os sintomas de quem tem refluxo gastroesofágico.

O tratamento da DRGE precisa da combinação dos medicamentos indicados pelo médico e mudanças em hábitos e comportamentos.

Tudo isso é muito importante para encontrar o equilíbrio para manter uma qualidade de vida melhor, com mais bem estar, mesmo com o refluxo.

Cadastre-se no FazBem, o programa de pacientes da AstraZeneca, para condições especiais no seu tratamento!

 Acesse a campanha “Siga o Fluxo”: https://bit.ly/siga-o-fluxo-fazbem, uma iniciativa do FazBem e da AstraZeneca para você ficar mais informado sobre o refluxo e estar mais no controle da sua saúde e bem-estar.

 

 

Referência:
https://www.aboutgerd.org/signs-symptoms/sleep-gerd.html
BR—10214. Material destinado a pacientes. Out/2020
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.