Medicamentos biológicos no tratamento da asma grave

Muitas pessoas com asma conseguem controlar a doença tomando medicações de manutenção diariamente e medicação de alívio quando necessário, durante piora dos sintomas, quando os sintomas ficam mais intensos e evitando os gatilhos que podem piorar o seu quadro. ¹ 

Porém, para quem convive com a asma grave, pode ser um pouco diferente já que esses medicamentos podem não ser o suficiente para manter a doença sob controle. A boa notícia é que, recentemente, surgiram novas opções de tratamento para essas pessoas, são os chamados medicamentos biológicos. ¹

Se você tem ou cuida de alguém que tem asma grave, vale a pena prestar atenção nesse assunto e conversar com o seu médico sobre as opções disponíveis para o seu caso.

Continue lendo e entenda o que são os biológicos, como eles funcionam, quando são indicados e mais informações importantes que preparamos para você.

O que são os medicamentos biológicos?  

Apesar de estarem dentro da categoria dos medicamentos de controle ou manutenção da asma, os biológicos funcionam de maneira diferente dos tratamentos tradicionais para asma. ²,³

Eles levam esse nome justamente porque, ao invés de serem fabricados por meio de um processo químico, são feitos a partir de células de organismos vivos como animais, plantas e bactérias que são modificadas para atingir moléculas específicas do corpo humano. ²,³

Um exemplo de medicamento biológico que é bem conhecido, é a insulina usada no tratamento do diabetes. ³

No caso da asma, o alvo desse medicamento são os anticorpos, moléculas inflamatórias ou receptores celulares envolvidos em reações alérgicas e sintomas de asma. Por serem tão específicos, eles são conhecidos como uma terapia de “precisão” ou até mesmo “personalizada”. ²,³

É importante entender que os produtos biológicos não são usados para o alívio de uma crise de asma. Eles são indicados para ajudar no controle dos sintomas de asma a longo prazo, para reduzir o risco de uma nova crise de asma. ³

Para entender melhor como os medicamentos controladores e de alívio funcionam clique aqui.

Quando o medicamento biológico é indicado?

Os produtos biológicos para o tratamento de asma são indicados, geralmente, em casos em que a pessoa continua apresentando sintomas, mesmo com o uso correto de medicamentos de controle diário (corticoide inalatório associado ao broncodilatador de longa ação). ²,³

Ou seja, é provável que o seu médico recomende vários outros medicamentos para alívio e controle, e certifique-se de que você está utilizando-os da maneira indicada antes de sugerir um biológico. ²,³

Os sintomas da asma não controlada incluem: ³

[ícone] Tosse frequente;

[ícone] Respiração ofegante ou falta de ar;

[ícone] Acordar à noite com dificuldade para respirar;

[ícone] Necessidade de uso medicação de alívio rápido várias vezes ao dia ou semana;

[ícone] Admissões hospitalares recorrentes e visitas ao pronto-socorro;

[ícone] Necessidade de corticóide oral para exacerbações.

Atenção: a asma é considerada grave quando requer doses altas de corticoide inalatório e beta-agonistas de longa duração - LABA, e pode ser associada, ou não, a corticoide sistêmico para controlar a doença. 4


Asma alérgica, asma eosinofílica e medicamentos biológicos


A asma alérgica acontece quando alérgenos presentes no ambiente como ácaros, pelos de animais e pólen provocam os sintomas da asma. Quando alguém tem esse tipo de asma, o corpo acaba produzindo uma proteína chamada IgE (imunoglobulina E) em grandes quantidades, o que pode gerar a liberação de histamina, responsável pela inflamação e “fechamento” das vias aéreas, sintomas que podem causar uma crise de asma. ³

No caso da asma alérgica grave – ou seja, aquela que não se mantém controlada mesmo utilizando medicamentos padrão – um medicamento biológico que bloqueie a ação do IgE pode ser considerado. ³

Algumas pessoas com asma produzem um número maior do que o normal de um tipo específico de célula inflamatória, chamada eosinófilo. Essas células desempenham um papel importante em causar inflamação das vias aéreas e aumentar o risco de crise de asma. Se o seu médico suspeitar que você tem esta forma de asma, provavelmente ele irá solicitar um exame de amostra de sangue, a fim de avaliar se você tem aumento da contagem de eosinófilos no seu sangue ou não.

Para pessoas com asma eosinofílica que são incapazes de controlar seus sintomas com medicação de manutenção e alívio, existem medicamentos biológicos disponíveis que reduzem a produção de eosinófilos. Isso diminui o número de eosinófilos e o nível de inflamação nos pulmões, o que pode reduzir o risco de crise de asma desse tipo de célula.

Nesse caso, os medicamentos biológicos são capazes de reduzir a produção de eosinófilos pelo corpo, diminuindo a quantidade dessa célula e o nível de inflamação nos pulmões, o que pode reduzir os riscos de crises.³

Saiba mais sobre a asma eosinofílica aqui

Esses dois tipos de asma podem acontecer de maneira isolada, mas também podem se sobrepor. Por exemplo, é comum que pessoas com asma alérgica também apresentem níveis elevados de eosinófilos.³

Por isso é importante acompanhar de perto com um especialista e realizar todos os exames necessários para entender qual é a melhor abordagem para o seu caso.³

Quais são os benefícios dos biológicos para o tratamento de asma?

Os medicamentos biológicos têm se mostrado grandes aliados no combate à asma grave já que têm apresentado bons resultados no tratamento dessa doença.¹

O principal benefício dos biológicos tem sido uma diminuição dos sintomas da asma e na frequência das crises de asma. Isso implica em menos visitas ao pronto-socorro, hospitalizações e menor necessidade de corticoides orais. Além disso, na prática significa menos faltas à aula e ao trabalho, por exemplo, contribuindo para uma melhor qualidade de vida de quem convive com esse tipo de asma.³

5 fatos importantes sobre o tratamento para asma com biológicos

 

  1. Para receber a terapia biológica, é importante que você mantenha o tratamento de manutenção corretamente, e siga as recomendações prescritas. Além disso, seu médico também pode solicitar exames complementares para entender a melhor terapia para você. ¹,²,³
  2. Apesar de ainda não existir uma recomendação definida para a duração, se você iniciar o tratamento com um medicamento biológico, é importante ter paciência pois é comum que o seu médico queira monitorar a sua saúde, geralmente, pelos próximos 12 meses. O que é recomendado é avaliar o medicamento por, pelo menos, quatro meses para ver se ele está ajudando a melhorar sua asma. Se a sua asma melhorar, o seu especialista discutirá com você sobre como continuar com o tratamento por mais tempo. A asma é uma doença inflamatória e requer tratamento diário.¹,²,³
  3. Você ainda precisará tomar seus medicamentos habituais, incluindo corticoide inalatório associada a um broncodilatador de longa duração. Isso porque os produtos biológicos são uma opção complementar e não substituem seus medicamentos de controle e alívio. Nunca reduza a dose ou pare de tomar qualquer medicamento sem a orientação do seu médico, ok? ¹,²,³
  4. Em geral, os imunobiológicos são aplicados por via subcutânea em uma clínica, consultório médico ou hospital. É importante dizer que, se você esquecer ou perder uma dose, o tratamento pode ser menos eficaz. A frequência da aplicação pode variar de acordo com o produto usado, então sempre procure a orientação do seu médico. ¹,²,³,4
  5. Os produtos biológicos são, geralmente, muito seguros de acordo com os estudos realizados, mas, em casos raros, podem causar efeitos colaterais como irritação leve no local da injeção, dores de cabeça, cansaço e sintomas semelhantes aos do resfriado. Se o seu médico está considerando um produto biológico para você, certifique-se de perguntar sobre os possíveis efeitos colaterais que podem acontecer com o medicamento específico que você usará. ¹,²,³

Se você tem asma grave ou se identificou com alguns cenários citados nesse texto, procure um especialista e converse com ele sobre as opções de tratamento disponível. Afinal, é possível ter uma vida normal com asma grave quando ela está controlada.

Tenha uma melhor percepção do uso da medicação de alívio com o nosso teste!

Você é o principal agente para fazer isso acontecer, mas o Programa FazBem estará sempre por aqui para apoiar o seu tratamento. Saiba mais e faça o cadastro agora!

 

Referências:
  1. https://www.aaaai.org/tools-for-the-public/conditions-library/asthma/biologics-for-the-management-of-severe-asthma
  2. https://www.asthma.org.uk/advice/severe-asthma/treating-severe-asthma/biologic-therapies/
  3. https://asthma.ca/get-help/severe-asthma/biologics/
  4. https://asbai.org.br/imunobiologicos-sao-aliados-no-combate-a-asma-grave/
BR-15140. Material destinado a pacientes. Nov/2021

 

Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.