O que você sabe sobre atividade física e diabetes?

Se você tem diabetes, saiba que ter atividades físicas incluídas na sua rotina pode te ajudar a melhorar diversos aspectos de sua saúde, dentre eles o controle glicêmico.

Simplificando, quando você está ativo, suas células se tornam mais sensíveis à ação da insulina (hormônio responsável em regular os
níveis de açúcar no sangue)e, então, ela funciona com mais eficácia. Isso faz com que você se sinta melhor.

A recomendação da Sociedade Brasileira de Diabetes é que os adultos com diabetes (sem contraindicações) realizem, no mínimo, 150 minutos de atividades físicas por semana, divididos em, no mínimo, 3 dias e que o intervalo sem atividade física não ultrapasse 2 dias.

Junto com a dieta e medicamentos indicados por profissionais de saúde, a atividade física regular é uma parte muito importante do controle do diabetes e até mesmo do pré-diabetes. Seja levando o seu cachorro para passear, fazendo uma caminhada pelo parque da cidade ou correndo uma maratona, o importante é começar a ser mais ativo da maneira que mais te agradar.

Se você está levando uma vida sedentária e tem passado bem longe da academia, é muito importante consultar um médico para saber se você tem alguma limitação ou precisa de cuidados específicos. Depois é só ir começando aos poucos.

Uma caminhada leve pode ser um hábito simples de se incluir na rotina. Você pode realizar essa atividade com algum amigo ou familiar e aproveitar para bater um papo, ou se for sozinho, ouvir suas músicas preferidas, notícias ou até mesmo um livro em áudio.

Começar a praticar atividades físicas pode ser muito difícil e, em alguns dias você pode se sentir desmotivado. Quando isso acontecer lembre-se que, qualquer mudança, mesmo que seja pequena, faz a diferença na sua capacidade de controlar o diabetes e ter um impacto significativo na sua saúde. E tomar essa decisão depende de você!

Essa é uma recomendação geral para qualquer pessoa que pratique atividades físicas, mas para quem convive com o diabetes ainda mais importante. Preste atenção na resposta do seu corpo aos exercícios. Em caso de qualquer desconforto, procure seu médico.

Ao fazer os testes que comentamos acima, mantenha tudo registrado e compartilhe com o seu médico, educador físico, nutricionista etc. Os profissionais de saúde podem usar essas informações para sugerir ajustes e ajudar você a encontrar o equilíbrio entre atividade, alimentação e medicação. Se você está tendo altos e baixos crônicos da glicose no sangue, talvez seja preciso alterar sua dose de medicação ou fazer uma mudança em seu plano alimentar, por exemplo.

Uma das maiores dificuldades que você vai enfrentar é manter a regularidade das atividades físicas. Procure por uma modalidade que você realmente goste e que seja prática, ou seja, fácil de incluir e manter na sua rotina. Procure encarar o exercício como parte do seu tratamento e mantenha uma frequência.

Quando as atividades físicas são praticadas de maneira regular e com o apoio de uma equipe de profissionais de saúde, trazem inúmeros benefícios para a sua saúde. Siga essas dicas, mantenha sempre o acompanhamento médico do seu tratamento e comece a ver as mudanças positivas que isso trará para a sua vida.

 

 

 

Referências:
https://www.diabetes.org/diabetes/type-2 – Acesso em 22/09/2020
https://www.diabetes.org/fitness – Acesso em 22/09/2020
https://www.diabetes.org/fitness/get-and-stay-fit – Acesso em 22/09/2020
https://www.diabetes.org.br/publico/meu-esporte-minha-vida/965-atividade-fisica-e-diabetes – Acesso em 22/09/2020
https://www.diabetes.org.br/publico/mais/dicas/1797-beneficios-do-exercicio-para-a-saude-da-pessoa-com-dm – Acesso em 22/09/2020
Icons by The Noun Project
BR-10636. Material destinado a pacientes., Nov/2020
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.