Síndrome Pós-COVID-19

jovem-negra-olhando-para-janela-pensativa-de-mascara

jovem-negra-olhando-para-janela-pensativa-de-mascara

A pandemia já impactou muitas pessoas de diversas formas. Apesar da vacinação e, aos poucos, festas, eventos, bares e restaurantes começarem a funcionar normalmente, ainda temos muito o que entender sobre esse vírus e, principalmente, manter os cuidados com ele.

A COVID-19 atingiu milhares de pessoas e fez com que perdêssemos outros milhares, por isso, sabemos que estudar mais sobre ela e trazer informações importantes para você, é essencial.

Pensando nisso, o tema de hoje será a síndrome pós-covid-19. Você já escutou sobre isso? Sabe o que é? Até o final desse texto, você vai entender melhor o que estamos falando!

A COVID-19

A doença do coronavírus (COVID-19), é uma infecção causada pelo vírus SARS-CoV-2. A maioria das pessoas infectadas por esse vírus terão uma forma leve a moderada de doença respiratória. Já outras pessoas podem desenvolver casos mais graves da doença e precisar de tratamento intensivo e internação.1

Sintomas comuns 1

  • Febre
  • Tosse
  • Cansaço
  • Perda de sabor ou cheiro

Sintomas graves 1

  • Falta de ar ou dificuldade em respirar
  • Perda da fala ou mobilidade
  • Confusão
  • Dor no peito

O isolamento social, uso contínuo de álcool em gel, máscaras e vacinação são as melhores formas de prevenir o coronavírus e diminuir a contaminação em massa. 1 

Leia também: Vacinas COVID-19: principais dúvidas sobre as vacinas 

A Síndrome Pós-COVID-19

Apesar de muitas pessoas já terem tido alta dos hospitais e UTI, nem sempre esse é o final dos problemas causados pela COVID-19. Profissionais de saúde observam que, mesmo meses após ter a doença e se curado dela, complicações podem aparecer por conta de um quadro agudo ocasionado pelo vírus.2

As pessoas podem apresentar problemas neurológicos, cardíacos, dermatológicos, pulmonares e outros, mesmo meses após se curarem do quadro grave da doença. Síndrome pós-COVID-19 foi o nome dado para os quadros de pacientes com essas sequelas.2

Sintomas

Normalmente, essa síndrome pode acontecer com pessoas que tiveram o quadro grave e crítico da doença. Estudos mostram que os sintomas que mais aparecem são: 3, 4

  • Fadiga ou fraqueza muscular;
  • Dispneia;
  • Dificuldades de locomoção;
  • Dependência para atividades diárias;
  • Distúrbio do sono;
  • Disfunção cognitiva;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Estresse pós-traumático;
  • Dificuldade para respirar;
  • Tosse;
  • Dor no peito ou no estômago;
  • Dor de cabeça;
  • Dor nas articulações;
  • Alterações no olfato e paladar;
  • Tontura;
  • Irritação na pele.

Diagnóstico e tratamento

Pessoas com esse quadro normalmente retornam ao hospital após continuarem com os sintomas ou sentir que ele retornou. Podem ser necessários alguns testes funcionais e exames complementares para que seja possível aprofundar a avaliação e dar um auxílio correto sobre o tratamento.3

Quem faz parte de grupos de risco ou é portador de alguma doença cardíaca, além de mais chances de desenvolver o quadro grave da doença, também tem maior risco de ter a síndrome pós-COVID-19 depois de se recuperar e sair do hospital.3

O tratamento é feito por meio de reabilitação, com uma equipe multidisciplinar para ajudar cada paciente a se recuperar de todos os sintomas e sequelas deixadas pelo vírus.3

Em alguns lugares, você pode ser direcionado a um ambiente e protocolos clínicos exclusivos para o tratamento de pessoas com sequelas da COVID-19. Essa opção foi recomendada por pesquisadores, com o intuito de reduzir pacientes e desafogar o sistema de saúde do país, em que ainda temos casos graves e mortes sendo registradas.2

A pandemia ainda está sendo usada para desenvolver pesquisas e estudos importantes para que, cada vez mais, seja possível entender melhor a COVID-19, as sequelas e reações futuras na população.2

Se você pegou a COVID-19 e ainda está com sintomas frequentes ou sequelas, procure seu médico para avaliar as suas condições clínicas e, caso você esteja com síndrome pós-COVID-19, encaminhe você a uma clínica de tratamento para aliviar e/ou curar essas sequelas.

Manter os cuidados da pandemia ainda é muito importante, afinal, ela não chegou ao fim. A vacinação também é muito importante, com todas as doses disponíveis para cada vacina conforme a idade de cada um.

O FazBem tenta sempre trazer informações e dicas importantes para que você consiga cuidar cada vez melhor da sua saúde. Precisamos lembrar sempre que a pandemia não acabou e, apesar de muitos estabelecimentos já estarem funcionando normalmente, os cuidados com máscara, higienização e álcool gel ainda são muito importantes para a prevenção.

Acesse o nosso blog e fique por dentro de muito mais!

 

 

 

 
Referência:
  1. https://www.who.int/health-topics/coronavirus#tab=tab_1
  2. https://bvsms.saude.gov.br/brasil-precisa-criar-protocolos-para-tratamento-da-sindrome-pos-covid-19/
  3. https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/sua-saude/Paginas/sindrome-pos-covid.aspx
  4. https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/long-term-effects/index.html
BR-15151. Material destinado a pacientes. Nov/2021
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.