Tenho IC, que perguntas devo fazer ao meu médico?

Ao contrário do que muitos pensam, conviver com a insuficiência cardíaca e ter uma boa qualidade de vida é super possível. Para isso, sua cooperação e trabalho em conjunto com o seu médico é essencial, sem medo ou vergonha de fazer perguntas, mesmo se achar que podem ser insignificantes.

Uma dica é anotar as dúvidas em uma lista para garantir que todas elas serão respondidas. Se achar necessário, também vale levar um bloquinho e uma caneta para anotar as respostas e orientações do seu médico.

Para facilitar, separamos algumas perguntas importantes para fazer na sua próxima consulta!

Quais exames preciso fazer e por quê?
Se o seu médico suspeitar de insuficiência cardíaca, provavelmente vai sugerir a realização de determinados exames que vão mostrar se o coração está funcionando corretamente e, caso não esteja, onde está o problema.

Como devo mudar a minha alimentação?
Por mais que você considere que a sua alimentação seja saudável, pode ser necessário reduzir a quantidade de sal, gordura e álcool que consome. Além disso, pode ser que seu médico indique um nutricionista.

Preciso limitar a quantidade de líquidos que bebo?
Controlar o consumo de líquidos pode ser importante para quem tem insuficiência cardíaca. O médico pode recomendar a quantidade de líquidos indicada no seu caso e até mesmo receitar medicamentos específicos para isso.

Posso praticar exercícios físicos?
Antes de iniciar um programa de exercício físico ou alterar o tipo de exercício físico que pratica, fale com o seu médico para garantir que não vai exigir muito esforço do seu coração. Ele também pode aconselhá-lo sobre as atividades que deve evitar.

Vou precisar fazer cirurgia?
Dependendo do caso, a cirurgia pode ou não ser uma opção para o tratamento de insuficiência cardíaca. É importante entender isso com o seu médico.

Vou tomar medicamentos para o resto da vida?
É provável que ele diga que sim, mas, mais importante do que isso é entender quais são esses medicamentos, os cuidados a serem tomados e se será necessário ajustes nas dosagens. Por isso essa conversa é essencial.


Além dessas perguntas, preste atenção nas dúvidas que vão surgindo no seu dia a dia. Por menores que elas sejam, são importantes para que você conheça melhor a sua situação. Quanto mais conhecimento, melhor será o seu entendimento e controle sobre a Insuficiência Cardíaca. Para isso, continue contando com o FazBem, o programa de apoio ao seu tratamento.

 

 

 

 

Refrências:
www.heartfailurematters.org/pt_PT/Perguntas-frequentes/PT-Frequently-asked-questions
www.heartfailurematters.org/pt_PT/Perguntas-a-fazer-ao-seu-m%C3%A9dico/PT-Questions-to-ask-your-doctor 
Icons by The Noun Project
BR 9106-. Material destinado a pacientes. Jul/2020
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.