Teste do pezinho: você sabe a importância dele?

Você provavelmente já ouviu falar do famoso teste do pezinho, certo? Ele também é conhecido por triagem neonatal e todo recém-nascido precisa realizá-lo nos primeiros dias de vida. 

Apesar de muito conhecido, muitas pessoas não sabem o porquê desse teste existir e nem o que é avaliado por ele.

É importante que ele seja realizado porque faz parte das prevenções e dos cuidados com a saúde do bebê.

Quer saber mais e se aprofundar nesse assunto? Vamos contar um pouquinho da história desse teste para você agora!

O que é e como surgiu o teste do pezinho?

Esse é um dos exames mais importantes para os bebês recém-nascidos. Com ele, é possível detectar uma variação de 50 doenças que, diagnosticadas precocemente, permite um tratamento mais eficiente e uma melhor qualidade de vida para o bebê. 1, 4

Segundo informações do Ministério da Saúde o teste foi introduzido em nosso país, na sua versão mais simples, na década de 70, para identificar a fenilcetonúria e o hipotiroidismo congênito. 1

O teste é feito por meio de gotas de sangue coletadas do calcanhar do bebê entre o 3º e 5º dia de vida. A importância dele é gigante, afinal, as doenças que ele detecta não geram nenhum tipo de sintoma no nascimento e precisam de um diagnóstico precoce. 2, 3

O Programa Nacional de Triagem Neonatal, criado pelo Ministério da Saúde, é um conjunto de ações responsáveis por prevenir e identificar essas doenças, além de apoiar e acompanhar a criança em todo o seu tratamento, em caso de teste positivo. 3

Além disso, o teste se tornou obrigatório por lei no Estatuto da Criança e do Adolescente, portanto, alguns municípios do Brasil não fazem o registro em cartório sem ele. 2

Quais as doenças rastreadas no teste do pezinho?

Atualmente, o exame rastreia 6 doenças (Fenilcetonúria, Hipotireoidismo congênito, Doença falciforme, Fibrose cística, Hiperplasia adrenal congênita e Deficiência de biotinidase).

Porém, em breve o reconhecimento subirá para 50 doenças, conforme as 4 etapas que se seguem:

Etapa 1:

A primeira etapa inclui as doenças relacionadas ao excesso de fenilalanina, doenças relacionadas à hemoglobina e toxoplasmose congênita: 4, 5

  • Hiperfenilalaninemias;
  • Toxoplasmose congênita.

Etapa 2:

  • Galactosemias; 4
  • Aminoaciopatias; 4
  • Distúrbios do ciclo da ureia; 4
  • Distúrbios da betaoxidação doa ácidos graxos. 4

Etapa 3:

Aqui serão avaliadas doenças que afetam o funcionamento celular: 4

  • Doenças lisossômicas.

Etapa 4:

Testagem dos possíveis problemas genéticos no sistema imunológico: 4

  • Imunodeficiências primárias.

Etapa 5:

  • Atrofia muscular espinhal

 

O diagnóstico e tratamento precoce dessas doenças são muito importantes para evitar problemas futuros, como no desenvolvimento físico e mental. Caso isso não aconteça precocemente, o tratamento já não tem a mesma eficácia, por isso o teste se tornou obrigatório, oferecendo mais saúde e prevenção aos bebês. 1, 2, 3, 4

Como você já percebeu, a triagem neonatal é a parte fundamental da vida do seu recém-nascido. Com ela, além de evitar várias doenças, você pode recorrer ao tratamento com mais facilidade e rapidez, evitando complicações futuras. 1, 2, 3, 4

Dia 06 de junho é o Dia Nacional do Teste do Pezinho, o objetivo principal é alertar a população, principalmente os pais, sobre a importância desse exame para que eles não tentem evitá-lo, oferecendo mais qualidade de vida ao seu bebê. 1

Você sabia de tudo isso? Sabia que o teste tinha uma importância tão grande assim na vida dos bebês e, consequentemente, da família?

O FazBem Baby está sempre em busca de trazer informações importantes para que você entenda melhor os processos fundamentais da gestação, do nascimento e da chegada do bebê em casa. Por isso, se você gostou desse conteúdo, vem conhecer outros em nosso blog que podem ajudar você ao longo dos dias.

Acesse o blog e fique por dentro de tudo!

 

 

 

 

Referências:
  1. SOCIEDADE BRASILEIRA DE ENDOCRINOLOGISTA E METABOLOGIA. 6 DE JUNHO É DIA NACIONAL DO TESTE DO PEZINHO. 5 jun. 2009. Disponível em: https://www.endocrino.org.br/6-de-junho-e-dia-nacional-do-teste-do-pezinho/. Acesso em: 31 maio 2022.
  2. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Biblioteca Virtual da Saúde. Teste do pezinho. Ministério da Saúde, 2009. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/teste-do-pezinho/. Acesso em: 31 maio 2022.
  3. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Biblioteca Virtual da Saúde. 06/6 – Dia Nacional do Teste do Pezinho. Ministério da Saúde. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/06-6-dia-nacional-do-teste-do-pezinho-4/. Acesso em: 31 maio 2022.
  4. GOVERNO DO BRASIL. 06/6 – Dia Nacional do Teste do Pezinho. 28 maio 2021. Disponível em: https://www.gov.br/pt-br/noticias/saude-e-vigilancia-sanitaria/2021/05/teste-do-pezinho-sera-ampliado-e-detectara-ate-50-novas-doencas#:~:text=O%20exame%2C%20feito%20por%20meio,cong%C3%AAnita%20e%20defici%C3%AAncia%20de%20biotinidase. Acesso em: 31 maio 2022.
BR-18258. Material destinado a todos os públicos. Mai/2022
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.