Doar sangue faz bem ao coração

ilustracao-homem-e-mulher-segurando-bolsa-de-sangue

ilustracao-homem-e-mulher-segurando-bolsa-de-sangue

Que doar sangue pode salvar a vida de muitas pessoas você, provavelmente, já sabe. Agora você sabia que, além de fazer bem aos outros, esse ato também faz bem ao coração de quem doa?

Nesse Dia Nacional do Doador de Sangue (25 de novembro) viemos mostrar para você ainda mais motivos para doar sangue.  

No Brasil, apenas 1,6% da população é doadora de sangue de acordo com o Ministério da Saúde. Esse valor está apenas um pouco acima da recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de, pelo menos, 1% da população de doadores. ¹

Para manter os estoques de sangue em níveis seguros, é preciso trabalhar constantemente para aumentar esse índice e estimular mais pessoas a serem doadores regulares. ¹

Por que doar sangue é tão importante?

Não há nada que substitua o sangue no corpo. Por isso, a disponibilidade é essencial em diversas situações nos hospitais, como cirurgias e tratamento de pessoas com doenças crônicas, como a doença falciforme, a talassemia e outras que geram a necessidade de transfusão sanguínea com frequência. ¹

Como doar sangue beneficia o coração?

Alguns estudos têm mostrado que doar sangue pode beneficiar a saúde do seu coração. ²

Um exemplo de benefício acontece porque, ao doar sangue, seus estoques de ferro se esgotam e níveis muito altos de ferro podem aumentar o risco de um ataque cardíaco. Cerca de 500ml de sangue total são coletados durante cada doação de sangue, o que remove 225-250 mg de ferro. ²

Outro benefício pode estar ligado a pressão alta, um dos principais riscos de ataques cardíacos. Ser um doador regular pode ajudar com o fluxo sanguíneo e reduzir bloqueios arteriais. ²

Um benefício indireto, mas que pode ser muito importante, é que, para doar sangue você precisará fazer um check-up de saúde e bem-estar na triagem. São checados a pressão arterial, temperatura corporal e pulso, além do teste de anemia e da medição de altura e peso. ²,³

Para garantir a segurança de quem receberá o seu sangue, ele também será examinado pelo hemocentro. Geralmente, esses exames ficam disponíveis para o doador alguns dias após a doação e podem ajudar você a identificar problemas que podem estar acontecendo na sua saúde como colesterol alto por exemplo. ²,³

Quais são os requisitos para doar sangue?

Portar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho certificado de reservista ou carteira do conselho profissional) 4

Estar bem de saúde 4

Ter entre 16 e 69 anos, 11 meses e 29 dias jovens com 16 e 17 anos podem doar com autorização dos pais e/ou responsáveis legais e um documento de identidade original desse responsável.  Modelo de autorização. 4

Pesar, no mínimo, 50 Kg 4

Não estar em jejum. Evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação 4

Algumas situações podem impedir, provisoriamente, a doação de sangue: 4

- Febre - acima de 37°C

- Gripe ou resfriado

- Gravidez atual (90 dias após o parto normal e de 180 dias após a cesariana)

- Amamentação (até 1 ano após o parto)

- Uso de alguns medicamentos

- Anemia

- Cirurgias

- Extração dentária 7 dias

- Tatuagem ou piercing: 1 ano sem doar (piercing na cavidade oral e/ ou região genital: 1 ano sem doar após a retirada)

- Vacinação: o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina

- Transfusão de sangue: impedimento por 1 ano

Quais cuidados são importantes de tomar após a doação?

- Permanecer na área de doação por, pelo menos, 15 minutos; 5

- Ingerir bastante líquido nas 24 horas seguintes à doação; 5

 - Não ingerir bebidas alcoólicas nas 24 horas seguintes à doação; 5

- Evitar esforços físicos exagerados e trabalho que exija muita atenção nas 12 horas seguintes à doação; 5

- Não dirigir veículos pesados ou coletivos; 5

- Não dirigir motocicletas caso seja a primeira doação. 5

Outro ponto importante é que o organismo repõe o sangue doado no mesmo dia, por isso, o intervalo recomendado é: 4,5

Para a mulher – pode doar até três vezes em um período de 12 meses, com intervalo mínimo de 90 dias entre as doações.

Para o homem – pode doar até quatro vezes em um período de 12 meses, com intervalo mínimo de 60 dias entre as doações.

Agora que você sabe que doar sangue faz bem ao coração, você tem ainda mais motivos para realizar esse ato que pode fazer tanta diferença na vida de muitas pessoas.

Entre em contato com o hemocentro da sua cidade e saiba mais sobre como fazer a sua doação!

 

 

 

 
Referências:
  1. https://www.gov.br/pt-br/noticias/saude-e-vigilancia-sanitaria/2019/11/salve-vidas-torne-se-doador-de-sangue-regular
  2. https://www.oneblood.org/media/blog/donor/how-donating-blood-impacts-your-heart.stml
  3. https://www.fhb.df.gov.br/como-posso-obter-o-resultado-dos-exames/
  4. http://www.hemorio.rj.gov.br/html/doacao_doe.htm
  5. https://www.fhb.df.gov.br/doacao-de-sangue/
BR-15141. Material destinado a todos os públicos. Nov/2021
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.