Entendendo a Asma e a importância do tratamento contínuo

A asma afeta 339 milhões de pessoas no mundo. Mesmo assim, muitos mitos, dúvidas e incertezas sobre essa doença ainda rondam a vida dos pacientes. Se você tem ou é próximo de alguém que tem asma, a informação e o conhecimento são muito importantes para que você consiga seguir o tratamento com mais tranquilidade e sucesso.

A asma é uma doença inflamatória crônica e variável. Isso quer dizer que ela não tem cura, mas tem tratamento e que, ao longo da sua vida, o asmático pode apresentar os sintomas em intensidades diferentes.

Quem sofre com as crises de asma, procura alívio rápido e isso é perfeitamente compreensível. Mas também é muito importante pensar a longo prazo e tratar a causa dessas crises. Os objetivos do tratamento a longo prazo do tratamento da asma são:

Alcançar um bom controle dos sintomas e manter os níveis normais de atividade;

Minimizar os riscos futuros de crises graves e efeitos colaterais da medicação.

Como já falamos, a gravidade da asma pode variar muito durante a vida. Por esse motivo, é muito importante que o tratamento e sintomas sejam monitorados por um médico especialista e pelo próprio paciente.

Muitos asmáticos acreditam ter sua asma controlada, porém só estão aliviando os sintomas e não tratando a causa da doença: a inflamação.

O não controle da asma está associado ao aumento dos sintomas, como:

Essa situação traz grande impacto em suas atividades diárias e pode levar o paciente a ter crises de asma. Isso significa que, quando os pacientes aliviam os sintomas, não estão tratando a causa da doença e continuam a correr riscos de ter crises de asma.

A asma é uma doença que não tem cura, mas tem controle. E o tratamento adequado pode reduzir o impacto da doença em sua rotina e aumentar sua qualidade de vida. Continue acompanhando o blog do FazBem para se manter informado e por dentro de dica valiosas para você!

A Asma é uma doença inflamatória. Por isso, é necessário tratar a inflamação, que é a causa da doença, para ter um melhor controle da doença. Se sentir necessidade de usar a sua medicação de resgate mais que 3X/semana, procure seu médico, talvez seja necessário ajustar seu tratamento.

 

 

 

 

Referências
Vídeo AZ Asma
https://ginasthma.org/wp-content/uploads/2020/04/GINA-2020-full-report_-final-_wms.pdf
Icons by The Noun Project
 
BR-8401 Material destinado à pacientes. Mai/2020.

 

Os comentários estão fechados