Maneiras de controlar o seu diabetes

Se você tem diabetes, sabe que a melhor forma de controlar é seguindo o tratamento corretamente para viver melhor. Quanto mais você consegue controlar, melhor vai ser o desempenho do seu tratamento e do seu quadro clínico e, consequentemente, você terá mais qualidade de vida e bem-estar.

Pensando em ajudar você a seguir o seu tratamento, hoje, vamos falar sobre maneiras diversas de controlar o seu diabetes, sempre com acompanhamento médico e a aprovação dele em todos os quesitos e decisões.

Ficou curioso para descobrir novos recursos para ajudar no seu tratamento? Então, continue lendo!

O exercício ajuda com o diabetes?

É muito comum pensarem que pessoas com doenças crônicas como diabetes, asma, hipertensão e muitas outras, não devem fazer exercício físico, o que é uma grande mentira.

Pessoas com diabetes devem ser estimuladas a fazer atividades físicas, respeitando as contraindicações do médico. Os exercícios, além de melhorarem os níveis glicêmicos, ajudam com o sedentarismo e um melhor estilo de vida. Claro que deve ser feito com monitoramento e apenas exercícios mais leves ou os indicados por um especialista.  

Leia também: Dicas importantes para a saúde de quem tem diabetes

Tente viver uma vida menos estressante

Quando você fica nervoso, a sua taxa de glicose sanguínea sobe. Apesar de isso não acontecer só com pessoas que tem diabetes, é muito importante que você fique atento e evite o estresse o máximo que conseguir.

Manter uma vida menos estressante, por mais difícil que seja, ajuda a melhorar sua saúde e a ter uma vida mais leve e relaxada.

Algumas técnicas de relaxamento podem ajudar nesse processo de diminuir o estresse do dia a dia:

  • Yoga;
  • Meditação;
  • Contato maior com a natureza;
  • Fazer algo que goste;
  • Respiração diafragmática.

 

Leia também: 4 playlists para tornar a rotina mais leve

 

Por que medir a glicemia ajuda a controlar o diabetes?

Fazer a medição da glicemia é uma atitude aliada do controle e tratamento do diabetes.

Hoje, são disponíveis diversos aparelhos e fitas reagentes para a monitorização da glicemia que são mais precisos e rápidos.

Seu médico, provavelmente, vai indicar um bom aparelho para que você faça a medição da glicemia e responder todas as suas dúvidas caso não saiba como usá-lo corretamente.  

Medir a glicemia também tem um papel educativo para você poder controlar melhor a sua taxa glicêmica. Isso porque você pode monitorar quais alimentos têm maior e menor impacto no aumento da sua glicemia.

Se você usa insulina, medir a glicemia tem o papel de determinar a dose de insulina que deverá utilizar, sendo uma forma importante de corrigir valores alterados.

Quando devo medir?

É muito importante entender o seu tratamento e o seu caso para uma melhor medição e para que você consiga entender em quais momentos sua glicemia aumenta ou cai durante o seu dia a dia. Normalmente, é mais comum a medição nos momentos:

  • Em jejum;
  • Antes das refeições;
  • 2 horas após as refeições;
  • Antes de dormir;
  • De madrugada;
  • Sempre que houver suspeita de hipoglicemia.

De qualquer forma, pergunte ao seu médico o melhor horário e a frequência com que você deve fazer essa medição.

Seu médico sempre vai ser a melhor pessoa para explicar esse processo para você, tire todas as dúvidas ainda na consulta.

Leia também: Muito além dos remédios: convivendo com o diabetes

 

 

 

 
Referências
https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/sua-saude/Paginas/automonitorizacao-glicemia-ajuda-controlar-diabetes.aspx
https://www.diabetes.org.br/
BR-13322. Material destinado a pacientes. Jun/2021
 
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.