Respiração e controle emocional

Mulher jovem em um parque, com roupas de exercícios físicos e fone de ouvido, com os olhos fechados e respirando fundo - respiração e controle emocional

Quem nunca respirou fundo em um momento de nervosismo? Esse ato praticado de maneira tão automática pela maioria das pessoas pode ser um grande aliado em momentos de tensão.

Respirar fundo é uma tentativa de assumir o controle da sua respiração, o que ajuda a diminuir o ritmo do corpo e auxilia na redução de sentimentos como a raiva, irritação ou frustração, por exemplo.

Confira algumas dicas simples para incorporar no seu dia-a-dia:
use o diafragma - respiração e controle emocional
Ao inspirar busque mover a barriga e não o peito. Usando esse músculo, você respira da maneira correta e auxilia na diminuição do estresse.
diminua o ritmo - respiração e controle emocional
A respiração pode ficar mais rápida e ofegante durante momentos de tensão, o que pode alterar a frequência cardíaca. Inspirar e expirar lentamente ajuda a acalmar o organismo e auxilia na regulação do ritmo cardíaco.

relaxe os músculos - respiração e controle emocional

Em momentos de nervosismo, os músculos ficam contraídos, dificultando a respiração. Conte até dez e preste atenção na respiração. Isso relaxa a musculatura, além de tirar a atenção do motivo da tensão, o que ajuda a diminuir a irritação.

 


Referências:
www.centroreichiano.com.br/artigos/Anais-2009/ELIAS-Marcos-Elias-A-fisiologia-darespiracao.pdf
Acesso em 27/11/2019
Imagem: Freepik
Icons by The Noun Project
BR-7681 Expiration Date: 27/02/2022
Os comentários estão fechados
Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.